IMG_4097.jpg
  • No mundo de Laura

Silenciar para se ouvir

Nunca subestime o poder do reencontro consigo.

Nunca subestime a força de um despertar sutil.


A gente vive com pressa, vive correndo. Sem se notar, sem se perceber. Sem parar por alguns instantes e se perguntar “como eu realmente tô me sentindo hoje?”.


Meditar te convida a parar. Eu poderia te dizer que a prática de meditação vai treinar a tua mente pra ser mais produtivo, pra trabalhar melhor, pra fazer mais. Sinceramente me dói ver como práticas milenares e tão profundas são apropriadas e transformadas para alimentar o mesmo ritmo acelerado dos dias de hoje.


A gente existe pra muito além disso, pra muito além do fazer.

A gente existe pra ser. Simplesmente ser quem já se é. Mas o mundo nos engole. E digo isso como alguém que viveu (vive) isso.


Quando a nossa mente encontra esse tempo acelerado do lado de fora, ela pode sofrer de diversas formas. Ansiedade, estresse, depressão são sinais de um corpo e de uma mente que querem viver de outra forma, que nos dizem pra desacelerar. Que querem às vezes só ficar em silêncio e contemplar. Simples assim: silenciar, olhar pra dentro, acolher a quietude. Sem e-mail do trabalho, sem Netflix, sem celular, sem estímulos de fora. Ficar contigo mesma (o).


Tu tem ouvido os sinais? Tu tem te dado espaço pra ser?

Eu quero te dizer que sempre há tempo. Sempre. E tu te dá mais tempo quando tu respira.


Meditar é dar-se espaço, é tratar-se com amorosidade, é lembrar da nossa prioridade maior que é apenas ser.


Há tempo. Seja.


Escrito em 18 de outubro de 2019.






1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tem alguma dúvida?

Escreve para mim :)

WhatsApp-icone.png